Menu

Intolerância religiosa nas escolas RJ

09 ABR 2018
09 de Abril de 2018
omo Secretário de Direitos Humanos, tenho combatido severamente toda sorte de manifestações de preconceito, seja religioso, racial ou sexual.

A mais preocupante forma da intolerância religiosa, contudo, é quando ela ocorre nas escolas, envolvendo crianças. Foram registrados casos absurdos de "divisão" nas salas de aula em razão de sua fé religiosa.

A maioria desses casos é causada pela convicção do aluno - na maioria das vezes, formada pelo ambiente em que que vive - de que devem tratar de maneira "diferente" os coleguinhas que não comungam da sua fé religiosa.

Na verdade, essas crianças não têm qualquer culpa, e sim, aqueles que as influenciam de maneira negativa sobre a necessidade de se afastarem de crianças que professam uma fé diferente.

No último dia 5, criei o Programa de Combate à Intolerância Religiosa nas Escolas do Estado Rio de Janeiro, visando o combate ao preconceito religioso. É o Programa Educação Mais Humana.

A intolerância é uma opinião não submetida á razão. E quando se incute esse preconceito religioso nas mentes de nossas crianças, essa ação causa malefícios por décadas.

Compartilho com você e todos aqueles que creem no respeito à fé do nosso semelhante.

Aceite o abraço do
ÁTILA ALEXANDRE NUNES


aan.jpg
Voltar


Tenha você também a sua rádio